Como estudar para concursos públicos sozinho? Veja!

Será que dá para ser aprovado em concurso sem frequentar um cursinho presencial? Acompanhe o artigo para descobrir como estudar para concursos públicos sozinho!

Se você decidiu que 2023 será o seu ano de conquistar a aprovação no concurso dos sonhos, mas não pode (ou não quer!) entrar em um cursinho preparatório presencial, então este conteúdo é para você! Acompanhe para descobrir as principais dicas e orientações de como estudar para concursos públicos sozinho!

Por que estudar para concursos públicos sozinho: dicas para cada caso!

Existem diversas razões por trás da decisão de estudar de maneira autônoma: pode ser para economizar dinheiro, por preferência pessoal ou mesmo por conta de uma rotina muito ocupada. Seja qual for o seu motivo para estudar para concursos públicos sozinho, fato é que suas rotinas de preparação serão marcadas pela flexibilidade. Por isso, a organização é um componente essencial!

1. Como estudar para concursos públicos sozinho e com pouco dinheiro

Se você não tem condições de investir muito na sua preparação para concursos públicos no momento, a principal alternativa é utilizar a internet ao seu favor. Afinal, ainda que um cursinho não seja 100% necessário para todos os casos, você ainda precisará de materiais de qualidade para guiar as suas rotinas de preparação.

2. Como estudar para concursos públicos sozinho por preferência pessoal

Algumas pessoas sentem-se naturalmente mais confortáveis tendo a liberdade para estipular seus horários e progredir na matéria por conta própria. Se esse é o seu caso, a disciplina deverá ser uma forte aliada para garantir o rendimento esperado.

Um plano de estudos é essencial em qualquer rotina de preparação para concursos públicos, mas ainda mais no estudo autônomo. Afinal, esse recurso permitirá que você tenha um mapeamento mais estratégico de tudo que precisa ser estudado e quais são seus prazos para cada atividade.

3. Como estudar para concursos públicos sozinho com uma rotina cheia

Trabalho, família, obrigações da casa, deslocamento: todas essas coisas podem estar interferindo no início dos seus estudos para concursos públicos em 2023. Se você chega em casa e sobram poucas horas para fazer qualquer coisa, não se preocupe! Também é possível para você! Confira as principais passos:

Organizando seu dia

O primeiro passo é organizar o seu dia, definindo quantas horas reais você tem para estudar. São duas, apenas uma? Não tem problema. Mesmo que esse seja o caso, dois dos pontos mais importantes da preparação estão em constância e qualidade de estudos.

Ciclo de estudos

O cronograma de estudos não é a única maneira de organizar suas rotinas de preparação para concursos públicos. Na realidade, o ciclo de estudos é uma alternativa até mesmo preferida pelos concurseiros, já que não depende tanto da determinação de período uniformes e específicos.

Horas-coringa

Sabe aqueles momentos em que você precisa esperar em uma fila, fica preso no engarrafamento ou mesmo precisa realizar tarefas de casa? Caso você tenha acesso ao seu celular é possível utilizá-los ao seu favor para otimizar sua preparação em concursos públicos. Essas são, afinal, as horas-coringa. Ou seja, ocasiões em que você não pode sentar e estudar ativamente, mas que pode utilizar em atividades complementares de preparação.

Seja acessando mapas mentais, estudando por flashcards, escutando um audiobook/videoaula ou resolvendo questões rapidamente pelo aplicativo, todos os esforços são válidos. Especialmente para quem tem uma rotina mais cheia!

4. Como estudar para concursos públicos sozinho quando falta motivação

Um dos grandes desafios para iniciar os estudos para concursos públicos sozinho está na procrastinação. Isso parece familiar para você? Se a resposta for sim, não se preocupe! Muitas pessoas também se identificam com essas dificuldades.

Alguns passos podem ajudar você a vencer essas amarras invisíveis tão debilitantes e conquistar sua aprovação em concursos públicos. Confira algumas:

Defina um horário para estudar: a possibilidade de procrastinar diminui muito se você conseguir vencer a barreira de resistência inicial e transformar os estudos para concurso em um hábito. Faça um acordo consigo mesmo: defina um horário e tente sempre cumpri-lo, como se fosse mesmo um trabalho: tanto a hora de começar, quanto a de terminar. Dessa forma, você verá que por mais difícil que a tarefa seja, ela não é impossível.
Estabeleça metas menores: a ansiedade é uma das maiores causas da procrastinação. Visualizamos o grande objetivo, que é dominar todo o conteúdo e ser aprovado. Chegaremos lá, é claro; mas essa tarefa não será concluída apenas em um dia. Pode parecer óbvio quando falamos, mas muitas vezes a cabeça está programada para pensar de outra forma. Como você só pensa nos objetivos finais, tudo parece muito difícil de cumprir. Aí surge o medo de fracassar. A máxima “viver um dia de cada vez”, vale aqui para os concursos da sua própria maneira. É claro que você terá um plano de estudos geral, com foco no objetivo macro. Mas no seu dia a dia, sua mente deverá ficar focada apenas em cumprir as tarefas do dia. Dessa forma, você também aumenta a sua satisfação!
Faça um mural de motivação: por que você começou a estudar para concursos públicos? Foi pela remuneração, estabilidade? Pelo cargo? Uma boa dica é reunir todas essas motivações e colocá-las em um quadro que você possa ver todos os dias. Vale até colocar a foto do órgão público para se imaginar lá na frente! Os sonhos se tornam mais fortes e possíveis apenas quando nós os alimentamos diariamente e tomamos medidas para torná-los uma realidade!
Busque ajuda: Pode ser difícil encarar essa nova etapa da sua vida sozinho e não tem problema algum nisso! Estudar para concursos públicos sozinho não significa que você precise estar sozinho o tempo todo! Fale com seus amigos e familiares sobre seus planos e peça ajuda sempre que precisar!

Posso ajudar?